Samsung Galaxy Fold

Samsung defende Galaxy dobrável das críticas

O Galaxy Fold, novo telemóvel de ecrã dobrável da Samsung, tem sido alvo de imensas críticas, perdendo na opinião pública contra o Mate X, o modelo rival fabricado pela Huawei.

A Samsung e a Huawei apresentaram, recentemente e com poucos dias de diferença, os seus smartphones dobráveis – são eles o Galaxy Fold e o Mate X, respectivamente. Esta proximidade na divulgação levou a que os aficionados por gadgets e tecnologia iniciassem uma série de comparações entre os dois equipamentos. Até ao momento, analisando maioria dos sites de crítica tecnológica, é fácil perceber que maioria do público elogiou a abordagem da Huawei, tendo criticado vincadamente o design escolhido pela Samsung.

O motivo deve-se muito ao facto de a Samsung ter decido integrado o ecrã dobrável na face interior do Galaxy Fold, enquanto que a Huawei, decidiu integrá-lo na face exterior. As críticas também salientaram as dimensões muito reduzidas do ecrã da Samsung, que quando dobrado nem sequer fecha completamente, como se pode verificar pela imagem acima apresentada.

Após estas críticas, coube ao vice-presidente de investigação e desenvolvimento da Samsung, Eui-suk Chung, defender em público o design escolhido pela empresa. Em entrevista ao Australian Financial Review, disse que “Abres o Galaxy Fold como se fosse um livro. E fechas como se fosse um livro. É muito mais natural do que o fazer ao contrário, portanto decidimos seguir por aí mesmo que apresente um desafio técnico mais difícil”.

O Galaxy Fold chegará ao mercado no mês de Abril, pelo que só nessa altura será possível avaliar em definitivo a reacção dos consumidores.

Comentários