Lisboa Games Week 2015 – Nintendo e Warner

Antes de tudo queria começar por pedir desculpa a todos… Eu sei que este artigo deveria ter saído ainda na semana passada, mas infelizmente os compromissos universitários impediram-me de escrever o artigo mais cedo. Posto isto, vamos lá ao que importa!

Além da presença da Sony, a Nintendo Portugal teve também um stand na Lisboa Games Week, stand este bastante “jeitoso”, para um primeiro stand 100% Nintendo. A marca nipónica ocupou o lugar deixado pela Xbox do ano passado (PORQUÊ XBOX, PORQUÊ!?!) e atacou a LGW como pôde… mas mais sobre isso adiante.
Quem também teve presente, à semelhança do ano passado, foi a Warner Bros. Um stand bem mais modesto, a WB trouxe pouca coisa, mas conseguiu cativar bem o seu público. Iremos fazer uma pequena review de ambas neste artigo, pois sendo perfeitamente honesto, não tinha material suficiente para artigos individuais. Ora vamos lá então ao que importa:


Nintendo Portugal

A Nintendo veio para a LGW com uma estratégia um pouco diferente da Playstation. Enquanto que a marca da Sony veio a Portugal com grandes novidades como o VR e o Uncharted, a Nintendo atacou a feira com outra perspectiva. Não mostraram futuros lançamentos, pelo menos no que toca à Wii U, já quanto às consolas portáteis, não lhe dei especial atenção, pelo que não não posso avaliar.

No entanto, tentaram cativar a comunidade gamer que por ali andava com os jogos que são cabeça de cartaz da Wii U neste preciso momento. E fizeram-no de uma forma que considero super engenhosa, dada a natureza do evento. Passo a explicar: A Lisboa Games Week tem os Youtubers como grande chamariz para o público infantil. Verdade seja dita, uma boa metade das pessoas que compra bilhete para aquela feira quer v10er o seu Youtuber preferido nem que seja ao longe… Ora, o que é que a Nintendo fez? Montou um palco enorme, com um mega ecrã e meteu os Youtubers preferidos da pequenada a jogar os seus flashship games! Vimos constantemente neste palco torneios entre Youtubers de Super Smash Bros, de Mario Kart, até mesmo sessões de jogo do novo jogo da empresa Super Mario Maker! Isto é uma manobra genial por parte da empresa, pois conseguem mostrar à comunidade os seus bestsellers e ao mesmo tempo ter constantemente um grande aglomerado de gente à volta do seu stand devido às personalidades que lá se encontravam. Até torneios entre fãs e youtubers existiram! Isso mostra bem a facilidade de contacto que a Nintendo permitiu que os fãs tivessem… Bem jogado Nintendo… Bem jogado.

Quanto ao resto do stand, não há muito a dizer. A Nintendo tinha aí uma duzia de Wii U’s com os seus títulos mais vendidos, tais como Splatoon (este jogo é brilhante, por amor de Deus, quem tiver uma Wii U compre isto já!), Super Mario Maker que basicamente é um Super Mário old school, onde as pessoas podem fazer os seus próprios níveis, ou simplesmente ir à Internet e fazer download de um nível criado pela comunidade. Uma ideia
genial para refrescar a série e com mecânicas e gameplay clássicas! E claro, não poderiam faltar os míticos Super Smash Bros e Mario Kart, que apesar de não serem sequer lançamentos recentes, continuam a ser cabeças de cartaz naquilo que é o alinhamento da Wii U. Só faltou mesmo Bayonetta…


Warner Bros

Falando agora um bocadinho da Warner, esta tinha claramente o stand mais pequenino das 3 empresas referidas previamente (o que não seria de estranhar). A Warner foi para a LGW com dois títulos e dois títulos apenas: Mad Max e Lego Avengers . O primeiro já existe no mercado, mas o segundo só sai em Janeiro de 2016 por isso foi bom ver a Warner a manter a tradição e a trazer para a feira jogos que ainda não foram lançados.

Comecemos pelo Mad Max , este que foi um dos títulos que mais se falou na altura do seu lançamento (Setembro deste ano). O jogo aposta num estilo open world, criado num cenário pós-apocalíptico, bem à semelhança do que se pode encontrar no filme! O estilo de combate segue as pisadas do que a saga Batman nos habitou e é o estilo de combate que hoje em dia mais vemos em jogos deste género. Um jogo que caiu bem na comunidade, apesar da critica o ter visto como algo mais medíocre. Apesar de tudo é um dos jogos chave da Warner e é normal que o tenham tentado vender aqui.

Seguimos então para o novinho Lego Marvel’s Avengers . O título focado no universo da Marvel segue as pisadas do antecedente Lego Marvel Super Heroes e foca-se no mesmo estilo de jogo, desta vez mais focado no universo dos filmes dos Avengers. O gameplay mantém-se muito no mesmo estilo, mantendo os elementos sandbox que o jogo anterior tinha. É um jogo simples, atendendo o publico para o qual é desenvolvido, mas no entanto tem complexidade suficiente nos seus puzzles para me deixar a mim e ao meu irmão durante 10 minutos presos na mesma parte do nível enquanto jogávamos na feira (admito que dei rage quit, não consegui mesmo passar aquilo). É um jogo super divertido e amigável, que para os fãs do universo Marvel valerá sempre a pena dar uma olhadela.

Até à proxima!

Comentários